Tênis de led: conheça a nova moda da garotada

Quem foi criança na década de 90 já conhece a moda que está dominando os pés da garotada. Não é de hoje que os tênis de luzinha habitam os sonhos de consumo de crianças e adolescentes. E como tudo na moda, o que é retrô sempre faz sucesso! Os tênis de led voltaram para conquistar os jovens!

Mas agora a tecnologia acompanhou a moda: as baterias que se carregam com cabo USB substituíram as pilhas, as luzinhas piscantes deram lugar às de led brilhante e os pontos de luz deixaram a parte de trás do calçado e dominaram todo o solado.

Além disso, os tênis de led fizeram da moda infantil algo bem descolado. São infinitas as possibilidades de combinações e looks que podem deixar o visual dos pequenos muito mais sofisticado. Descubra mais sobre essa tendência e dê um up no estilo da criançada!

Entenda como funciona o tênis de led

Para que as luzes tenham esse efeito encantador, um sistema é fixado na sola do calçado para gerenciar o funcionamento das luzes. Lá, fica também a bateria. O sistema completo é composto por quatro itens principais: um controlador, um sensor, a bateria e a fita com as luzes de led.

O controlador liga e desliga as luzes e organiza a necessidade de carregar a bateria. O sensor permite que, ao caminhar, as séries de luzinhas de led coladas em volta do calçado se acendam. Para fazer todo o sistema funcionar, a bateria leva até 3 horas para ser carregada e dura cerca de 6 horas.

Descubra por que o tênis de led faz a alegria da garotada

Os tênis de led são lúdicos e divertidos, justamente por isso fazem tanto a alegria das crianças. Luzes piscantes e coloridas, combinadas com o universo infantil, são certeza de sucesso!

Além disso, o tênis de led não passa despercebido em nenhum ambiente. Por mais que a modelagem seja simples e com cores neutras, é impossível não se deixar levar pelo brilho intenso do calçado.

Veja os fatos curiosos sobre o tênis de led

A primeira marca a reavivar essa moda foi a Chanel. No desfile de primavera-verão de 2016, os estilistas da grife colocaram na passarela uma sandália com luzes de led.

Os atletas britânicos se inspiraram nessa moda e, no desfile oficial da delegação na abertura das Olimpíadas 2016, no Maracanã, acenderam seus tênis de led para o mundo ver!

Celebridades idolatradas pelas crianças não perderam tempo e aderiram à moda. Justin Bieber, por exemplo, usa seu par de tênis de led para destacar seus passos de dança durante os shows. A pequena celebridade Blue Ivy, filha de Beyoncé e Jay-Z, não larga os seus nem na hora de se fantasiar para o dia das bruxas!

A moda é mesmo cíclica e é hora de aproveitar mais uma vez essa tendência que chegou para dominar os fashionistas mirins. O tênis de led garantiu seu lugar nos desejos de moda dos pequenos. Aproveite para conhecer um dos modelos que seu filho precisa ter para compor um visual supermoderno!

Read more...

Separamos 5 tendências em calçados para crianças

Há muito tempo que andar na moda deixou de ser exclusividade dos adultos: a criançada também gosta de escolher aquilo que está em alta, da cabeça aos pés. Falando nisso, você sabe quais são as tendências em calçados para crianças?

Se quiser que seu filho ou filha fique na moda, com um calçado bonito e confortável, não deixe de ler este texto. Separamos 5 tendências para ajudar você na escolha. Confira!

1. Calçado lúdico

O lúdico faz parte do universo infantil, e é fundamental para o desenvolvimento e o aprendizado das crianças. Então, por que não colocá-lo nos pés dos pequenos também?

É justamente essa a aposta de muitas marcas, que investem em calçados lúdicos para meninas e meninos. São diversos modelos diferentes, que valorizam cores, estampas, temáticas (de unicórnios ou super-heróis, por exemplo) e recursos (como a luz que pisca quando a criança pisa).

Muitas vezes, vêm acompanhados de algum brinquedo ou brinde. É uma ótima maneira de a criança se divertir a qualquer momento e em qualquer lugar!

2. Tênis de cano alto

Quando o assunto é tendências em calçados para crianças, não podem faltar os tênis de cano alto. Seu sucesso com os jovens e adultos não é de hoje, e o modelo vem agradando também às crianças.

Além de estilosos e confortáveis, são superversáteis, pois combinam com calças, bermudas e shorts. Para completar, são uma boa opção para dias de chuva e de frio, já que são bastante resistentes, protegem os pés e mantêm a região aquecida. Vale apostar em versões clean, com poucos detalhes e estampas mais básicas.

3. Alpargata

Muito versáteis, as alpargatas conquistaram primeiro as mulheres, depois os homens e, agora, as crianças! Surgidas nos anos 1970, são consideradas uma mistura de sapatilha com mocassim, e apresentam vários modelos, geralmente confeccionados com brim ou lona e solados emborrachados.

Faz todo sentido que estejam em alta entre a criançada: são leves, coloridas, estampadas, fáceis de calçar e descalçar e muito bonitas. Ótimas para usar no calor, para fazer uma caminhada ou ir a uma festinha com muito estilo!

4. Mocassim

É sempre importante se assegurar de que as crianças estão se sentindo confortáveis. E isso vale também para os calçados. Nesse caso, uma boa escolha pode ser o mocassim.

Confortável, macio e com boa absorção de impacto, é mais uma tendência em calçados infantis. Pode ser usado, por exemplo, em situações que pedem um pouco mais de formalidade. Vale investir tanto em modelos escuros (preto, azul-marinho ou marrom) quanto nos de cores fortes (vermelho, amarelo ou azul).

5. Sandália

Um clássico no guarda-roupa feminino e também muito popular entre os homens, as sandálias são uma boa pedida para as crianças — e, por isso mesmo, uma tendência atual. Ótimas para se usar no calor e ir à praia, a um clube ou a um sítio, garantem conforto, frescor e facilidade para calçar e descalçar.

Há muitos modelos coloridos e temáticos disponíveis no mercado, que atraem as crianças com botões, estampas chamativas e mesmo rendas e franjas. Muitas vezes, vêm acompanhadas de brindes, como relógios, pulseiras ou brincos.

Read more...

Saiba como vestir bermuda infantil em seu filho

Saber como vestir algumas peças de roupa em crianças, como a bermuda infantil, funciona de forma diferente do raciocínio que temos quando vamos vestir adultos. Como a criança é um ser muito ativo, é importante prestar atenção em alguns detalhes para garantir o conforto nos momentos de lazer.

No post de hoje, nós vamos mostrar para você como vestir uma bermuda infantil no seu filho, explicando sobre tecido, cores, caimento, comprimento e estampas. Ficou interessada? Então, continue a leitura!

Entenda como escolher as cores

Saber escolher a cor da bermuda é uma tarefa que passa muito pelo nível de formalidade da ocasião. Assim, cores neutras como preto, branco, cinza e alguns tons mais escuros de azulcombinam bem com diversos tipos de roupas e ficam legais até com uma composição mais social.

Quando a cor da bermuda já é menos neutra, como um amarelo, magenta e tons claros de azul, a peça fica melhor quando usada durante um evento diurno, em geral mais leve, principalmente se estiver calor. Essas cores passam o vigor que uma criança tem, além de serem mais fresquinhas que as neutras.

Saiba ver o caimento da bermuda infantil

Para homens, é importante que a bermuda seja mais justa, para não dar impressões erradas sobre o corpo. Com crianças, essa lógica muda um pouco, já que elas precisam de mais mobilidade para brincar.

Assim, dependendo também da formalidade da ocasião, vista seu filho com uma bermuda um pouco mais folgada, principalmente nas áreas das juntas. Se for o caso de ele precisar se vestir mais socialmente, prefira as mais justas ao corpo. Contudo, leve uma que seja mais confortável a fim de ele poder brincar com liberdade.

Veja se o comprimento está bom

Para que a criança tenha liberdade para se mover, é importante que a bermuda não passe dos joelhos. Isso porque essa articulação pode ficar ligeiramente presa, impedindo um pouco os movimentos das pernas na hora de brincar.

Escolha o tecido

Para bermudas infantis, é essencial que o tecido seja maleável, para não atrapalhar os movimentos, como falamos no tópico anterior. Hoje, existem jeans com essa textura leve e bermudas feitas de poliéster, pano sintético, ou até moletom. Esses modelos permitem que a pele da criança transpire e fique fresquinha durante as brincadeiras.

Considere as estampas e padrões

É difícil dizer se existe coisa mais fofa que uma criança com o look mais adultinho, mas que ainda seja com peças infantis, não é? As bermudas com estampa de desenhos animados ou filmes deixam os meninos com um ar despojado, sem adultizá-los.

Muitos pais que são amantes da cultura pop aderem a essa moda, vestindo seus filhos com estampas de stormtroopers ou das casas de Harry Potter. E as crianças fazem o maior sucesso por onde passam.

Em ocasiões mais formais, dê preferência a padrões discretos, como a riscas de giz ou o listrado.

Para saber vestir uma bermuda infantil em seu filho, é legal prestar atenção em elementos como ocasião e a mobilidade para a criança fazer uma das coisas que faz de melhor: brincar. Assim, dê preferências a tecidos e cores leves, estampas divertidas, comprimento acima dos joelhos e com caimento não tão justo ao corpo.

Read more...

Quais são os sintomas da hiperatividade infantil?

Crianças mais agitadas do que o normal costumam ser um desafio para familiares e professores. Elas são comumente taxadas de bagunceiras e/ou desobedientes. Isso porque, em geral, perceber os sintomas da hiperatividade infantil não é tarefa fácil.

Contudo, nesses casos, vale a pena uma investigação mais profunda — quanto mais cedo essa pesquisa for feita pelos profissionais adequados, melhor é para a criança e para todos do seu convívio.

Quer saber mais sobre a hiperatividade, seus sintomas e tratamento? Acompanhe o texto e confira:

O que é hiperatividade infantil?

O Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH) é uma das patologias descritas pelo Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais (DSM-5). Suas principais características são a falta de atenção e de concentração, a inquietação constante e a impulsividade. Essas características e a intensidade com que se apresentam podem variar, dependendo do caso.

Elas interferem no desenvolvimento e produzem impacto direto na vida social e escolar da criança. É comum que a hiperatividade seja mais notada no início da vida escolar, quando os sintomas se acentuam.

O transtorno é mais comum em meninos do que em meninas e seus sintomas são mais frequentes na infância, costumando diminuir com o passar dos anos. Adolescentes e adultos também sofrem com a doença, porém, em menor grau.

O que causa o transtorno?

A forma como a família interage com a criança no início de sua infância não causa o TDAH, contudo, pode ser determinante para atenuar ou agravar os sintomas da hiperatividade infantil nas crianças com esse transtorno.

As causas para o TDAH podem ser:

  • genética;
  • exposição ao tabaco e ao álcool durante a gestação;
  • exposição a neurotoxina;
  • problemas situacionais, entre outros fatores.

Quais os sintomas da hiperatividade infantil?

Para um diagnóstico mais preciso, os sintomas devem ocorrer por, no mínimo, 6 meses e devem causar claro prejuízo ao desenvolvimento da criança.

Alguns sintomas que podem ser observados em crianças com hiperatividade são:

  • não prestam atenção em detalhes e cometem erros por descuido, em tarefas escolares ou outras atividades;
  • dificuldade em manter a atenção em atividades lúdicas;
  • parecem não escutar quando alguém lhes dirige a palavra diretamente;
  • parecem estar com a cabeça longe, mesmo que não haja distrações evidentes;
  • apresentam dificuldades em seguir regras;
  • não seguem instruções até o fim e não terminam suas tarefas;
  • perdem o foco rapidamente;
  • dificuldades de organização de materiais e brinquedos ou perdem com frequência os materiais;
  • não gostam ou evitam se envolver em atividades que exijam esforço mental prolongado;
  • são facilmente distraídos por estímulos externos;
  • com frequência, movimentam mãos e pés ou se contorcem na cadeira;
  • levantam-se, frequentemente, em situações que se espera que permaneçam sentados;
  • correm ou sobem em coisas quando isso é inapropriado;
  • são incapazes de brincar ou se envolver em atividades de lazer calmamente;
  • falam demais; não aguardam sua vez de falar; interrompem quando outros falam; entre outros.

Os sintomas da hiperatividade se manifestam antes dos 12 anos de idade e devem acontecer em dois ou mais ambientes frequentados pela criança (ex.: em casa e na escola) para que o diagnóstico seja comprovado.

Qual o tratamento para hiperatividade?

A hiperatividade não tem cura, mas seu tratamento pode amenizar os sintomas e trazer mais qualidade de vida para os pacientes. Ele envolve medicamentos e psicoterapia.

Cada caso deve ser avaliado por pediatras, psicólogos e, se necessário, por psiquiatras. Dessa maneira, a melhor terapêutica para a criança será desenvolvida em conjunto com a família.

O papel dos pais e/ou responsáveis é de extrema relevância no tratamento do TDAH, pois crianças hiperativas demandam atenção e paciência redobradas. Portanto, todo amor e carinho devem ser dados a elas.

Impor limites e regras faz parte do tratamento, mas isso deve ser feito sem conflitos. Além disso, estabelecer uma rotina e introduzir técnicas de relaxamento no dia a dia da família pode aliviar o estresse e diminuir a agitação.

É necessário ressaltar que nem toda criança agitada tem hiperatividade, afinal, crianças normais têm muita energia. Caso tenha dúvidas, o ideal é consultar um especialista para constatar a existência (ou não) do transtorno.

Agora que você já sabe quais são os sintomas da hiperatividade, que tal entender mais sobre crianças com dificuldade de aprendizado? Boa leitura e até a próxima!

Read more...

Look infantil: 5 dicas de moda divertida para a garotada

Quem tem criança em casa sabe muito bem que existem várias formas de criar um look infantil, não é mesmo? No entanto, para manter o pequeno confortável e ao mesmo tempo elegante e moderno, é importante buscar peças despojadas e de qualidade, que garantam uma moda divertida para toda a garotada.

Por esse motivo, resolvemos apresentar nesse post alguns itens que vão garantir que o seu filho se vista com estilo e se sinta à vontade. Vale lembrar que essa é uma maneira de oferecer modernidade ao pequeno e de deixá-lo bem apresentável.

Se você ficou interessado, continue com essa leitura e confira as sugestões que separamos para você!

1. Look country infantil

Considerado uma das tendências de look infantil em 2017, o estilo country pode ser usado tanto por meninos quanto por meninas. Capaz de evidenciar o estilo do pequeno de um jeito muito divertido, algumas peças são coringas, como a tradicional calça jeans, a jaqueta jeans, uma botinha coturno, um chapeuzinho e até mesmo um cinto com uma fivela maior.

As meninas também podem apostar na meia calça, no macacão, nas peças em xadrez, nos looks monocromáticos (itens na mesma cor ou em tons parecidos) e nas calças flares. Já os meninos também podem investir nas camisas xadrez, nas camisetas com estampas geométricas e na clássica jaquetinha de couro.

2. Estampas com personagens

Outra maneira de deixar as crianças vestidas de um jeito mais descontraído é apostando em estampas de personagens. Além disso, o próprio pequeno vai se sentir entusiasmado, uma vez que pode escolher o seu favorito.

Atualmente, é possível encontrar camisas de inúmeras estampas diferentes e populares entre a garotada, incluindo George Pig, Galinha Pintadinha, Pica Pau, Homem Aranha, Penélope Charmosa, Toy Story, Minnie, Turma da Mônica e Peppa Pig.

3. Tênis de LED

Sucesso entre a garotada, o tênis de LED nada mais é do que um tênis que possui em sua parte inferior algumas luzinhas que piscam e que podem ou não ser coloridas. O modelo é clássico dos anos 90, entretanto até hoje é tendência entre as crianças.

É importante mencionar que existem modelos dos mais variados tipos, tanto para meninas quanto para meninos. O item pode ser usado com vestidos, saias, bermudas ou calças e é uma maneira de levar muito mais diversão e estilo ao look dos pequenos.

4. Peças com cores vibrantes

As cores são capazes de levar charme, alegria e diversão aos looks da garotada. Além de ser super válido apostar em tons vibrantes independentemente do sexo da criança, também é interessante adotar mix de estampas e criar combinações de roupas em cores fortes, como laranja e azul, amarelo e vermelho e verde e azul, desde que, é claro, haja um equilíbrio visual.

Se você preferir não arriscar tanto, invista apenas na cor de uma das peças principais, como a camisa, e deixe a calça em um tom mais neutro, como preto, bege, marrom ou jeans.

5. Looks tal mãe, tal filha e tal pai, tal filho

Outra tendência que marcou esse ano são os looks combinados entre pais e filhos. Embora existam pessoas que não gostem desse estilo, essa maneira de vestir os pequenos pode demonstrar muita sintonia, afeto e, claro, diversão entre vocês.

Para criar uma produção desse jeito, é importante buscar peças similares para serem usadas por pais e filhos. Alguns exemplos são: calças jeans e camisas da mesma cor; vestidos com estampasfloridas; shortinhos claros e lisos com blusas listradas e calças pretas e camisetes jeans.

Pronto, agora que você já conhece incríveis dicas de look infantil para deixar os pequenos modernos, estilosos e divertidos, não perca tempo e aposte nessas sugestões para o seu filho. Não se esqueça de que é importante deixá-lo bem vestido, mas de um jeito que ele se sinta confortável.

Gostou do nosso artigo de hoje? Então confira agora mesmo algumas dicas de calçados para a criançada. Até mais!

Read more...